Caio Fábio e RS Ballard

Caio Fábio, é um pastor que ficou conhecido por muitos anos como uma das principais figuras de liderança do país na religião evangélica. No entanto, no ano de 1998 começou a viver um período cheio de reviravoltas tanto pessoalmente assim como também em suas questões ministeriais. Veja mais em prcaiofabio.com/

Um dos principais marcos desse momento do pastor foi a separação de sua esposa, além quase ter sido preso por estar envolvido com o PT na venda do que ficou conhecido como falso dossiê Cayman que tinha como consequência implicar os políticos do partido opositor PSDB.

Período após os escândalos

Apesar das grandes conturbações em que viveu na última década do século XX e das conquistas que realizou na igreja evangélica, Caio Fábio desde então se tornou um dos grandes críticos dessa religião.

Após as séries de episódios que viveu no de 1998, passou a pastorear a igreja Caminho da Graça, além de manter um canal de televisão por meio da internet. As pessoas que o acompanham certamente podem afirmar que ele constantemente ataca outros ministérios e pastores.

Curso de teologia

Ao longo de sua história, Caio Fábio foi questionado sobre uma das questões mais importantes para diversas igrejas que é o dizimo. Como resposta a pergunta recebida sugeriu que fosse feito uma apuração de todo o pessoal envolvido com a igreja visto que acreditava ser um absurdo, patético e ainda a fá das pessoas em Deus para conseguir obter arrecadação. Se demonstrou contra essa tradição de muitas igrejas.

Por outro lado, a essa opinião a respeito do dizimo, demonstrou acreditar no papa Franscico ao dizer que é ótima e por ser uma pessoa muito boa e ainda afirmou que o povo católico não precisava de ninguém que seja melhor.

Caio Fábio, ficou conhecido por expressar veementemente sua opinião, além de ter lançados alguns livros voltados para a religião como, por exemplo, “Sem barganhas com Deus” e “Livro no Divâ de Deus”.